Quando falhar uma Storage não faça criaçao de um novo VD . Pois poderá sobreescrever todos os hds com zero bytes e sobreescrever todo RAID da storage.

Vamos agora conhecer um pouco sobre Storage,

Storage é um equipamento que armazena os dados da rede local de uma empresa

Conforme a sua empresa cresce, vai aumentando também a necessidade de armazenamento de dados e informações. Como você já deve ter percebido, nem sempre dá pra solucionar o problema comprando vários HDs para cada computador: dependendo das dimensões de sua companhia, somente um sistema de storage de rede pode resolver a questão e evitar retrabalho no futuro

Divididos em três grandes grupos de storages, os storages são classificados como DAS , NAS SAN.

As aplicações executadas por storages estão relacionadas ao armazenamento de dados e/ou aumento de performance softwares que utilizam muito acesso a discos, como backup de diversos computadores ou compartilhar dados em rede local.

Basicamente, o storage é um repositório onde serão centralizados os dados da rede local de sua empresa, mas que também pode assumir outras funções e servir, por exemplo, como servidor de arquivos, backup, área de compartilhamento e colaboração – tudo que envolve a administração e o processamento de dados armazenados.

Para realizar essas funções, os storage dividem-se em três tipos: DAS, NAS e SAN. Confira abaixo as características de cada um e entenda qual é o melhor para você:

DAS (Direct Attached Storage)

O DAS é um dispositivo externo que vai conectado diretamente aos computadores, sejam eles servidores ou estações de trabalho, e funciona basicamente como um disco complementar de armazenamento, ou seja, uma extensão.

Entre as suas características, destaca-se o fato de que este aparelho oferece grande versatilidade para armazenamento de grandes volumes, aumentando a performance de algumas aplicações e podendo realizar backup e compartilhamento de dados entre os computadores conectados. Um storage DAS pode ser ligado via USB, e-SATA ou Firewire.

NAS (Network Attached Storage)

O NAS, ao contrário do DAS, é ligado diretamente na rede e roda um sistema operacional completo, funcionando como servidor de arquivos. Ele centraliza os dados e permite, por exemplo, compartilhar e gerenciar as informações armazenadas.

Outra diferença em relação ao DAS é que o servidor NAS pode ser compartilhado por mais de um usuário e, além disso, realiza armazenamento de dados via bloco, e não via arquivo, como no DAS. Consequentemente, isso permite um gerenciamento mais eficaz, versátil e simplificado.

SAN (Storage Area Network)

Um SAN é uma rede dedicada de armazenamento composta por servidores e storages. Assim com o modelo NAS, o SAN também é conectado diretamente e trabalha com blocos de dados. Além de oferecer maior disponibilidade e resiliência, a implementação de uma rede SAN resulta em diversos benefícios, como o aumento do desempenho, da velocidade e da segurança no acesso aos dados armazenados.
Uma característica fundamental deste sistema é que ele facilita o compartilhamento entre os servidores e simplifica as operações de TI, pois consolida o storage em um local central – o que também ajuda a consolidar esta rede como uma melhores soluções de armazenamento
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *